Soja: negócios voltam a fluir

20/02/2018 11:42:40

O mercado da soja teve uma semana de flutuações positivas, com ganhos nas cotações em dólares e em reais. Os avanços estiveram vinculados à evolução do mercado de Chicago, que apoiado nos momentos positivos da moeda americana. No fechamento de sexta-feira (16), houve recuo do dólar, e os valores de soja ficaram em R$ 75,00 no spot nos portos, com níveis de até R$ 77,50 para junho.

No melhor momento da semana, chegou-se a pagar R$ 78,00, com salto na venda para a faixa dos R$ 80,00, maiores níveis da temporada, permitindo boas condições aos produtores, que voltaram a fechar negócio. Vale destacar também a grande pressão de compra das indústrias nacionais, para esmagamento interno e início dos trabalhos antes do pico da oferta da safra. Isso gerou maiores volumes junto a estas companhias, que estão se preparando também para atender à demanda do óleo para Biodiesel em março.

Enquanto isso, outras indústrias seguiam fortes na exportação do farelo, com valores avançando e chegando perto dos US$ 400 por tonelada nos portos. Estas empresas compraram o grão com níveis entre R$ 72,00 e R$ 73,50 CIF, pagando melhor que o mercado interno e dando fôlego aos indicativos da soja, que estiveram acima dos valores proporcionais.

Para os próximos dias, as expectativas são boas, com novos negócios fluindo. O mercado de soja no Brasil deve continuar com entregas de contratos e muitos novos fechamentos. A possibilidade do engavetamento da Reforma da Previdência pode impactar o valor do dólar. Com a piora da crise fiscal do Governo, o Brasil poderá sofrer novo rebaixamento do grau de endividamento, o que deve gerar alta da moeda americana. Os produtores devem ficar, portanto, atentos ao movimento do mercado, que pode trazer boas cotações, oportunidades de negócios e fechamentos positivos.

Fonte: Brandalizze


Siga a Arysta