Arysta Lifescience assina acordo com Beem Biologics, fabricante de compostos biológicos para a agricultura

06/12/2016 13:54:44

A Arysta LifeScience intensifica sua estratégia em segmentos de especialidades de alto valor e crescimento em proteção de cultivos, tendo o negócio de biossoluções como foco. A empresa acaba de assinar acordo com a Beem Biologics, Inc., para licenciar uma nova tecnologia de fisioativadores derivada de extrato vegetal. A aliança estratégica entre as duas empresas possibilitará a expansão do portfólio de produtos da Arysta para manejo e estimulação do estresse de plantas.

"Com este acordo, a Arysta reafirma sua posição como líder global em fisioativação, dando mais um passo importante na execução de nossa nova estratégia", explicou Diego Lopez Casanello, presidente da empresa.

"A aliança com a Arysta representa um marco na missão de nos tornar um provedor premium de tecnologias biológicas para os produtores de todo o mundo", acrescentou Stephen Butler, CEO da Beem Biologics.

Um Novo Extrato Vegetal - O fisioativador licenciado pela Arysta LifeScience é um complexo biológico natural, que reduz o impacto do estresse sobre a cultura em crescimento, promovendo ao mesmo tempo aumento vigoroso e saudável das plantas. "Ensaios de campo feitos por universidades e empresas privadas de pesquisas, além de estudos internos, nos últimos 24 meses confirmam que este novo fisioativador promove de forma significativa o rápido desenvolvimento de plantas saudáveis, melhor florescimento, frutificação e maiores rendimentos em uma ampla gama de culturas", disse o pesquisador Lance Beem. A Arysta LifeScience licenciou direitos globais exclusivos para a tecnologia para uso em mercados agrícolas em todo o mundo.

"Este novo e único fisioativador funciona perfeitamente bem em combinação com produtos convencionais de proteção de cultivos e será uma valiosa ferramenta a oferecer aos agricultores que utilizam práticas agrícolas sustentáveis", explicou Neil Stapensea, Chefe Global de Fisioativadores da Arysta LifeScience.

Fonte: Assessoria de Imprensa


Siga a Arysta