Algodão: Produtor se retrai e cotação segue em alta

24/08/2015 21:14:53

Os preços do Algodão em pluma seguem em alta no mercado brasileiro, impulsionados pela menor disponibilidade interna, mesmo neste período de colheita.

Pesquisadores do CEPEA indicam que vendedores estão retraídos, segurando especialmente os lotes de boas qualidades.

Esse comportamento é favorecido pela alta na paridade de exportação, decorrente da forte valorização do dólar frente ao Real.

Nesse cenário, parte dos compradores precisa aumentar os preços ofertados, mesmo para aquisição de lotes pequenos.

Desde o início de agosto, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento 8 dias, referente à pluma 41-°©‐4, posta em São Paulo, subiu 2%, fechando a R$ 2,1786.


Siga a Arysta